quinta-feira, 4 de junho de 2009

04/06 - DIA MUNDIAL CONTRA A AGRESSÃO INFANTIL

HOJE É O DIA MUNDIAL CONTRA A AGRESSÃO INFANTIL!
NO MUNDO INTEIRO, É O DIA DE COMBATE À AGRESSÃO INFANTIL, MAS ESSE TIPO DE VIOLÊNCIA OCORRE TODOS OS DIAS EM TODO O MUNDO!



É MUITO TRISTE VER UMA CRIANÇA CHORANDO E AO NOS APROXIMARMOS DELA E PERGUNTARMOS O MOTIVO, ELA NADA FALA, APENAS ERGUE PARA NÓS SEUS OLHOS LACRIMEJANTES... E MEDROSOS!!! PORQUE ISSO ACONTECE?
ELA TEM MEDO!!! MEDO DE SER AGREDIDA DE NOVO!!!


O QUANTO NOS DÓI VER MANCHAS ROXAS EM CORPOS DE CRIANÇAS!!! E QUEM FAZ ISSO? PAIS E PARENTES DESUMANOS, MONSTROS DE CARNE E OSSO QUE HABITAM SOB O MESMO TETO QUE ELAS!!! SERES INDEFESOS A MERCÊ DA BARBÁRIE!!!

ATÉ QUANDO TEREMOS DE VER ESSA CENA ACIMA? O LUGAR DESSAS CRIANÇAS É A ESCOLA. ONDE APRENDEM A SER CIDADÃOS.

DIGA NÃO A AGRESSÃO INFANTIL!!!
DIGA SIM AO AMOR E AO CARINHO PARA AS NOSSAS CRIANÇAS!!!

ELAS SÃO O FUTURO DO NOSSO PAÍS!!!

Fotos: Google

4 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Tá aí uma data que eu não conhecia.
E como é triste , mas se não falarmos aí sim é que piora, né?
Beijos, querida.

Luma disse...

Mylla, muitos pais inconscientes pensam que uma palmadinha não é nada e que servirá para correção. As vezes ouvimos, "ele é sem vergonha, apanha, apanha e esquece". Criança não esquece e palmada não educa, apenas amedronta.
Até pessoas que achamos esclarecidas caem no erro. Veja por exemplo a atriz Maria Mariana; em um trecho de uma reportagem entitulada "Supermãe" ela diz se referindo aos filhos: "A mais velha, por exemplo, é mais sensível. Se eu falo uma coisa mal colocada, ela já chora. A minha segunda, se faz alguma coisa errada e eu dou um tapa, ela olha pra mim e fala: não doeu! (...)". Incrível como algumas mães acham normal bater.
Beijus

Nanda Botelho disse...

Vou lhe dizer uma coisa...Enquanto formos infelizes maltrataremos crianças. A gente se assusta muito com a agressão visível, o espancamento, mas existe outra mais comum que cria um mundo de insegurança para todos.

Eu mesma já estive aí; mesmo prestando atenção, já perdi a paciência com meus enteados e joguei minha ira em cima deles, nunca bati, mas fui rude, minando sua auto estima, pedi desculpas, expliquei que os adultos às vezes não conseguem se controlar e disse que eles podiam se proteger de mim quando eu passasse dos limites, hoje eu me sinto amiga deles e vejo que eles gostam de mim, mas é difícil não passar para os outros nossas mazelas.

Então para acabar com a violência só tem um remédio: felicidade interior.

Minha sugestão é: oremos pelas almas dos agressores, fazendo uma corrente positiva, talvez possamos curar a mente dessas pessoas que estão doentes, não mandemos mais ódio a essas pessoas, esse não é o remédio, amor é. Jesus chegou a dizer para amarmos os inimigos e acho que ele estava certo.

Obrigada pela visita. Obrigada por me aceitar!

Se vc quiser posso experimentar uma leitura de tarô virtual. Meu e-mail: fenandabotelho@yahoo.com.br Vc manda sua questão e eu respondo.

Bjão!

Anônimo disse...

A foto de uma menina chorando é triste, mas no contexto fotográfico é maravlhosa. que olhar!!! um abração, Tico

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...