quinta-feira, 12 de setembro de 2013

COLCHA DE RETALHOS

A minha vida está uma colcha de retalhos ultimamente...
Várias dores, vários sonhos, vários momentos...
Mas sabe? Quando a gente aprende com nossos tombos, nossas dores?
Nesse primeiro ano de minha doença, muita água passou por baixo da ponte... Muitos sonhos se esfacelaram e foram sepultados, outros eu ainda tento assimilar...
No geral, estou bem, saúde em dia... família também.
Mas meu coração anda muito confuso. Ao mesmo tempo que eu quero me entregar de corpo e alma nessa relação; ainda tenho um certo receio de me machucar de novo... E olha que são quase 5 anos juntos...
Eu tenho velhos medos guardados dentro de mim...
E Assumi finalmente o meu maior retalho dentro de mim: a minha tristeza...
Só uma pessoa em toda a minha vida até aqui, viu meus olhos tristes. Assumi de vez. Essa tristeza mora aqui dentro dos meus olhos, faz parte de mim, não há jeito dela sair... então ela fica!
Minha amiga nas horas mais amargas... Mas nas horas alegres também. Mas a felicidade não é mais uma prioridade em minha vida.
Vivê-la é mais importante. Aprender é ainda muito mais...
Amar? Uma consequência...
E o futuro? A Deus pertence!

Um comentário:

Neli Alves disse...

Tão lindo, tão triste...
Gostei demais do texto mas, gostaria de senti-la mais feliz.
Bjks Neli Alves

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...