sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A AMIGUINHA INVISÍVEL: CARAMELO!



Mariana está aos prantos pela casa, porque sua avó havia falecido. A mãe tentava consolar a menina com tudo o que sabia sobre o assunto e que ela podia entender, pois ela tinha apenas 06 anos:
_ A vovó Carmela foi morar com Jesus, minha filha! Ela virou um anjinho de Deus!
_ Mas como pode ser isso mamãe? Eu vi ela naquele lugar horrível lá no cemitério! Dentro daquela caixa preta!
_ Ali estava apenas uma parte dela. Agora ela virou um dos seus amiguinhos invisíveis, filha! Quando você quiser falar com ela, chame por ela que ela te atende.
_ Tem certeza mamãe? Eu posso conversar com ela como eu converso com o meu cavalinho, o meu ursinho de pelúcia? E como vai ser o nome dela lá no céu?
_ Ah, filha! Pode chamar ela pelo nome que você conhece mesmo: Carmela. Você não tinha um apelido especial que usava com ela? Chame-a pelo apelido. Qual era mesmo esse apelido?
_ Mamãe! É segredo! Só posso falar o apelido pra ela! Era o nosso segredo! E dizendo isso se entristeceu e recomeçou a chorar.
_ Não chore minha filha! Olhe! Vá brincar lá no quarto com seu ursinho e seu cavalinho. Quem sabe a vovó Carmela vem te visitar? 
Um pouco mais alegre com essa perspectiva, Mariana foi para o quarto e depois de alguns minutos, a mãe ficou intrigada com o som que vinha do quarto da filha. Parecia com o som da voz da mãe, mas ela havia falecido, como poderia ser ela?
_ Vovó Caramelo (esse era o apelido que Mariana chamava a avó - um apelido especial) por que a senhora foi embora para o céu?
_ Porque Jesus me chamou filhinha! Ele queria comer os meus caramelos, queria experimentá-los. Então eu fui morar com eles e com os anjinhos.
_ Mas vou sentir sua falta vovó! Assim a gente não vai poder brincar mais; não vou poder comer seus caramelos...
_ Mariana! Sempre estarei aqui pertinho de você! Serei sempre a sua amiguinha Caramelo! Quando você me chamar assim, eu pedirei permissão a Jesus para poder brincar com você.
_ E como eu vou comer seus caramelos? Será que Jesus vai deixar você trazer uns para mim?
_ A mamãe sabe fazer meus caramelos! Sabe aquele livro grande de capa dourada que você tanto gosta de folhear? Nele tem todas as minhas receitas de caramelos. Peça para mamãe fazer para você!
_ Mas vovó... Eu queria os caramelos que a senhora fazia! Quando eu te chamar da próxima vez, pede Jesus para ele deixar a senhora trazer 3 caramelos pra mim! Quem sabe ele deixa! Agora eu vou dormir com meu ursinho que estou com sono... Boa noite vovó Caramelo!
_ Boa noite Mariana! Durma com os anjos! Jesus te abençoe!
E a vovó Carmela ficou observando sua netinha se aconchegar nas cobertas e resvalar para o sono. De dentro do bolso do seu vestido rosa, ela tirou 3 caramelos e deixou na mesinha de cabeceira da neta! Era o combinado delas! 3 caramelos a cada visita!
Quando Maria abriu a porta do quarto da filha para ver o que acontecia lá dentro, viu apenas uma luz suave deixando o quarto e o perfume que a mãe usava, rescendendo pelo quarto. Ficou mais espantada ainda quando viu os 3 caramelos na mesinha de cabeceira da filha! 
Com lágrimas nos olhos, ela rezou pela alma da mãe e agradeceu o carinho para com a filha. E sentiu como se a mãe estivesse ali, do lado dela, num abraço confortador...


Uma historinha especial para a Vivi, da Geórgia...

A sua vovó, Vivi, virou amiguinha de Jesus e sua amiguinha especial!




3 comentários:

Georgia disse...

Ô Mylla, que linda história e que lindo carinho com a Vivi. Na verdade foi a bisavó dela que faleceu.

Ela está bem. Chorou muito na hora que soube, mas agora está bem. Vou comprar-lhes caramelo para qdo estiver lendo esta estorinha prá ela.

Um abracao e muito obrigada pelo carinho

Sissym disse...

Isso me fez lembrar da reação de minha sobrinha mais velha, aos 5 anos, quando soube que meu pai faleceu. Eu acho, q dependendo da idade, as crianças nos ensinam mais.

Beijos

* Edméia * disse...

*Linda história, Mylla !!! :D

*Quem é Vivi e quem é Geórgia ?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...